Blog

Postado em 26 de Novembro de 2019 às 08h51

Por que um empreendimento deve ser sustentável?

Passou o tempo em que convivíamos com as desvantagens do uso desenfreado dos recursos naturais. Hoje, o termo sustentabilidade está presente de forma intensa no dia a dia nas escolas, órgãos, organizações, empresas, entidades e instituições e nas cidades.
Tudo isso, para reduzir a poluição, minimizar a incidência de fenômenos naturais descontrolados e, principalmente, para que as próximas gerações encontrem um planeta com condições adequadas para viver.
E por falar em viver bem, hoje, os condomínios e empreendimentos sustentáveis são aliados das mais diversas ações que visam preservar os recursos naturais, minimizar custos e promover um ambiente social justo. Interessante né! Quer saber mais? Continue lendo esse post.

Entenda melhor

A consciência para o uso controlado dos recursos naturais é essencial para que seja possível atingir os objetivos e garantir um ambiente que favoreça, apoie e conserve os recursos naturais. Investir em um empreendimento sustentável significa eliminar desperdício de materiais que agridem o meio ambiente e economizar os recursos naturais, especialmente a água e a energia. Aliado a isso, são pensadas medidas que visam evitar a emissão de gases e outros poluentes que causam danos ao meio ambiente e à saúde das pessoas.

Sustentabilidade planejada


Para que um empreendimento seja sustentável, é importante que esse aspecto esteja presente no projeto da obra. É nessa fase que são analisados os detalhes e pensados os investimentos viáveis. Todo o conceito da obra é avaliado. Dessa forma, projeto contempla a escolha dos materiais, a destinação adequada dos resíduos e as práticas utilizadas após a construção, entre outros.
Conheça algumas das inúmeras ações que podem ser planejadas para que um edifício seja sustentável. Vamos lá!


  • Localização: a posição de um empreendimento com relação ao sol e ao vento é primordial para que as necessidades térmicas dos espaços internos sejam supridas. Mas, se o projeto for contra o sol é importante planejar proteções nas janelas para evitar sol no verão. 


  • Iluminação natural: áreas iluminadas naturalmente ajudam a evitar a utilização da iluminação artificial. Lâmpadas de baixo consumo e iluminação com sensores são estratégias importantes para minimizar o gasto de energia.


  • Isolamento térmico: evita perdas de calor no inverno e aumento de calor no verão. É uma medida que mantém a temperatura constante no interior do edifício. 


  • Materiais de construção: materiais de baixo impacto ambiental também estão entre os aspectos que ajudam na sustentabilidade. 


  • Ventilação: é fundamental para evitar retenção da umidade do ar. O uso de dispositivos para ventilação ou um sistema de renovação mecânica de ar auxilia tanto no bem-estar dos moradores quanto na preservação da arquitetura do local. 


  • Energia renovável: o uso de energias renováveis são importantes aliados, tanto para economia, quanto para preservação dos recursos naturais. Entre os exemplos de destaque podemos citar os painéis fotovoltaicos que transformam a energia solar em elétrica e oportunizam economizar até 95% da conta de luz, além de outros benefícios, com destaque para a sustentabilidade do planeta.


  • Economia de água: o uso de sistemas que regulam o fluxo de água nas torneiras e nas descargas é uma estratégia importante de economia deste recurso que vem se tornando escasso. A adoção de cisternas de armazenamento de águas pluviais para utilizar em jardim, lavagem de calçadas, entre outras ações, ajuda a diminuir o consumo de água da rede pública e minimiza o volume que circula nas vias públicas.


Foco nas novas tendências
Focada nas novas tendências arquitetônicas, a Bellei Salvador investe em sustentabilidade nas suas edificações. Para se ter uma ideia foi pioneira ao trazer para Chapecó o ?structural glazing?, também chamado de pele de vidro, em uma edificação.

A evolução desse sistema permite reduzir a visibilidade dos perfis de alumínio na fachada do edifício. Além de barrar o calor sem afetar a iluminação, estes vidros permitem mais eficiência na limpeza e conservação. É uma tecnologia sustentável que traz leveza nas edificações.


Conheça o Le Jardin, o novo empreendimento sustentável da Bellei Salvador

O Condomínio Le Jardin, situado em localização privilegiada no centro de Chapecó, conta com unidades formadas por 1 suíte + 1 dormitório, 2 vagas de garagem ou com 1 dormitório e 1 vaga de garagem. São apartamentos com cozinha integrada e sacada com churrasqueira. O prédio possui salão de festas e 2 elevadores.
A sustentabilidade é um aspecto marcante no novo condomínio que traz medidores de água individuais para cada apartamento, sensor de presença nas áreas comuns e aproveitamento da água da chuva.

Gostou? Está pensando em investir em um apartamento? Pense também em elencar entre as prioridades aspectos de sustentabilidade. O ganho é para você, sua família e ao planeta. O Le Jardin vai te surpreender com tanto requinte, inovação e visão de futuro.

Veja também

Living Coral é a cor de 201907/01/19 Uma das expectativas de cada dezembro, para o mundo do design, da decoração e da moda é a divulgação da cor escolhida, para o ano seguinte, pela Pantone. Desde 1999, a empresa americana cuja tabela de cores acompanhadas de numeração específica é usada, pela indústria gráfica, como garantia de atingir a tonalidade exata, segue a......
Conheça alguns dos melhores destinos de viagem para arquitetos27/08/19 Viajar é sempre uma oportunidade de visitar lugares novos, relaxar e aprender sobre diferentes culturas e estilos. Para quem trabalha na área de arquitetura e/ou design o momento também oportuniza a troca de experiências, contemplar......

Voltar para Blog