Blog

Postado em 14 de Janeiro de 2019 às 14h00

O sucesso vintage das boiseries

O universo da decoração, bem como acontece com a moda, tem elementos clássicos que nunca deixam de ter destaque. E como é interessante perceber que o que é bom pode ser revisitado, ganhar novos usos e contornos, dando vazão à criatividade, não é mesmo?

As boiseries são alguns desses itens que não saem de moda. E mesmo que você não os conheça pelo nome, certamente já se deparou com seu uso, trazendo charme aos ambientes. Siga lendo nosso post e saiba mais sobre o uso das boiseries no decorrer do tempo, com dicas de como aproveitá-las na sua casa.

A boiserie e seus usos

Se você está curioso para saber o que são as boiseries, tratam-se das molduras em madeira que, usadas nas paredes, trazem um estilo clássico e charmoso aos diferentes ambientes. É uma técnica surgida, na França, entre os séculos XVII e XVIII e que, curiosamente, era usada para garantir isolamento térmico aos ambientes.

É fato que também se percebeu, logo, o apelo estético desses elementos. As boiseries têm seu surgimento associado ao rococó, um movimento artístico cuja inspiração em linhas curvas e espírito lúdico ganhou interessantes aplicações na decoração de ambientes.

Com o tempo, foram muitas adaptações e usos, inclusive com boiseries feitas de cimento, gesso e até isopor. O fato é que elas nunca deixaram de marcar presença, nessa trajetória que as tornou elementos vintage super interessantes para a sua casa ou escritório.

Saiba como usar

Os profissionais especializados em decoração dizem que toda a tradição das boiseries pode e deve dividir espaço com outros elementos e estilos. Afinal, investir em misturas ecléticas é uma excelente receita para dar vida a ambientes bem sofisticados. Confira algumas dicas para usar boiseries sem medo de errar.

#Sofisticação nos espaços modernos: pensando nessa tendência eclética, uma excelente alternativa é usar as boiseries em ambientes de estilo bem contemporâneo. A parede principal de uma sala com decoração moderna, por exemplo, vai ficar mais charmosa com as belas molduras.

#Colores, formas e funcionalidade: o uso de boiseries coloridas, ou misturadas com as brancas, dá super certo. Elas também poder ser retas, ou ter detalhes clássicos, funcionando, inclusive, para emoldurar a TV, quadros ou objetos, ajudando a dar destaque a elementos para os quais você quer chamar a atenção.

#Os quartos de bebê ficam uma graça: a atmosfera aconchegante e delicada que costumamos buscar para os quartos infantis têm tudo a ver com as boiseries. Misturadas a elementos mais neutros e tons pastéis, elas vão ajudar o descanso dos pequenos e das mamães.

#Sem medo de ousar e abusar: não há cômodos específicos, nem regras tão fechadas. As boiseries cabem com sala, cozinha, quarto e vêm sendo usadas também no banheiro. Elas podem ser os detalhes que diferenciam ou suavizam o ambiente, na opção por tons mais neutros ou vibrantes. O importante é tirar medidas cuidadosas e garantir os acabamentos perfeitos.

Se você está preparando a casa nova, ou pensando em aproveitar o começo do ano para uma repaginada no lar, as boiseries são ótimas opções. Aproveite nossas dicas e acerte em cheio!

Créditos imagem: Kasia Gatkowska, from Kaleidoscope © Gestalten 2016. Site casavogue.globo.com.

Veja também

Edifício invisível: saiba mais sobre a técnica da pele de vidro! Uma tendência da construção civil.22/11/19 A beleza, o requinte e a sofisticação de uma fachada de uma casa ou edifício é um aspecto que costuma chamar atenção de quem passa por um local que possui estas características. Afinal, quem não gostaria de morar ou trabalhar em um espaço com atributos marcantes? Existem vários tipos de fachadas, mas a structural glazing ou pele de vidro vem......

Voltar para Blog