Blog

Postado em 05 de Dezembro de 2018 às 09h58

Iluminação para cada ambiente: como fazer a diferença com as luzes?

Tendência (8)

A iluminação é um aspecto que pode passar despercebido por algumas pessoas, mas, se você está planejando seu novo imóvel, não pode cometer esse erro. Para ter um lar aconchegante e agradável, você deve pensar na iluminação para cada ambiente.

Dependendo das luzes, o cômodo pode ficar mais acolhedor, mais convidativo para o trabalho e até mesmo mais quente ou mais fresco. Quer fazer a diferença na sua casa? Veja como acertar na iluminação para cada ambiente!

O que levar em conta para planejar a iluminação em cada ambiente

O projeto de iluminação de cada ambiente deve ser pensado para que as luzes harmonizem com o restante da decoração e ajudem com a finalidade do cômodo. Um bom projeto de iluminação é capaz até mesmo de valorizar o imóvel. Para isso, você deve considerar itens como:
 

  • cores das paredes e dos móveis no cômodo;
  • atividades que serão desenvolvidas no local;
  • efeito visual das luminárias e lustres;
  • incidência de iluminação natural ao longo do dia;
  • cor, calor e eficiência de cada tipo de lâmpada;
  • quantidade de pontos de luz;
  • decoração geral do imóvel e de cada ambiente.

Um dos critérios técnicos no projeto de iluminação é o chamado IRC (Índice de Reprodução Cromática) das lâmpadas. Esse índice se refere ao grau de fidelidade com que as cores reais dos objetos são reproduzidas ao serem observadas usando uma fonte de luz. A escala vai de 0 a 100 e, quanto mais alto o número, mais próximo da cor real.

Outro ponto a ser observado é a temperatura de cor da lâmpada. Essa medida é dada em Kelvins (K) e representa apenas a cor da lâmpada, não tendo ligação com a temperatura real dela. Quanto maior a temperatura de cor, mais clara será a lâmpada.

As lâmpadas com temperatura de cor inferior a 3.300 K são mais amareladas e produzem uma iluminação mais aconchegante. Já as lâmpadas brancas têm temperatura de cor mais alta, por volta de 5.000 K e produzem uma iluminação mais propícia para estudos ou trabalho.

Tanto o IRC quanto a temperatura de cor podem ser vistos na embalagem de cada lâmpada.

Como acertar na iluminação para cada ambiente

Veja, agora, as principais dicas para acertar na iluminação de cada ambiente!

Cozinha e área de serviço

A cozinha e a área de serviço são locais considerados de trabalho e, por isso, devem ser bem iluminados. É importante pensar que na hora de usar esses ambientes será preciso enxergar bem os alimentos ou as roupas sendo manuseados.

Portanto, boa iluminação e luzes claras são as mais adequadas para cozinha e áreas de serviço. Prefira lâmpadas com alto IRC e maior temperatura de cor. Para otimizar o projeto, você ainda pode acrescentar pontos de luz focados em locais estratégicos, como acima das bancadas e das ilhas.

Sala de estar

A sala de estar é um ambiente propício para a realização de atividades diversas e a iluminação desse cômodo deve ser flexível. O ideal é mesclar lâmpadas de diferentes tonalidades, combinar iluminação direta com iluminação indireta e ainda usar lustres e abajures, mas sem usar lâmpadas brancas demais.

O uso de dimmers também é recomendado para a iluminação desse cômodo. Assim, a sua sala vai oferecer a iluminação perfeita para cada ocasião.

Sala de jantar

Na sala de jantar, o projeto deve se concentrar em deixar a mesa bem iluminada. Um lustre acima da mesa de jantar é indispensável e, dependendo do tamanho do cômodo, você ainda pode usar pontos adicionais nas laterais. A sala de jantar pede uma iluminação mais íntima, portanto, não use lâmpadas com IRC e temperatura de cor muito altas.

Quartos

Os quartos precisam ser os cômodos mais aconchegantes da casa e devem inspirar descanso. As luzes amareladas são as mais recomendadas para a iluminação desse ambiente e, além de uma fonte de luz direta vinda do teto, você pode utilizar abajures e luminárias.

Se você tiver um closet, projete iluminação mais clara que o restante do quarto para essa área. Para quem gosta de ler ou trabalhar em um cantinho do quarto, um abajur com luz branca é o ideal.

Banheiro

O banheiro é outro cômodo que precisa ser bem iluminado e pede luzes com IRC e temperatura de cor mais altos. Além da iluminação geral do cômodo, a área próxima ao espelho precisa receber atenção especial. Nas bancadas próximas ao espelho, prefira luzes com IRC alto e temperatura de cor acima de 4.000 K.

Seguindo estas dicas de iluminação para cada ambiente, sua casa tem tudo para ficar agradável, funcional e confortável. E se você está procurando um imóvel em Chapecó com essas características, conheça agora mesmo o Condomínio Le Blanc e surpreenda-se com o alto padrão de qualidade!

Fonte da imagem: site Sua Obra.

Veja também

Cinco maneiras de usar plantas no apartamento06/09/18 Finalmente chegou o momento de comprar aquele apartamento tão sonhado. Então, você começa a pensar na decoração e no paisagismo que podem deixar o seu lar convidativo e personalizado. Mas você sabe como usar plantas em apartamento? É possível desfrutar da beleza e do frescor da natureza mesmo morando nesse tipo de imóvel. Afinal, muitas......

Voltar para Blog